44. Fracasso da Especulação Profética Para 1975 (2)

William do Vale Gadêlha


O Corpo Governante tenta dizer que seguir um ponto de vista errado traz benefícios! Mas qual será a opinião dos que venderam casas e largaram empregos e faculdades porque achavam que o fim viria em 1975?

É o mesmo que dizer que, para se obter o ponto de vista correto é necessário, primeiro, acreditar no errado.

Dá-se a impressão de que não foi o próprio Corpo Governante que, por meio de livros, revistas e Ministérios do Reino, ao longo de nove anos, fixou a vista na data de 1975.

Dá-se a impressão de que a culpa foi dos próprios leitores, do "próprio entendimento" deles! Eram, de fato, "premissas erradas", mas o que teria acontecido a quem dissesse, antes de 1975, que as premissas estavam erradas?

   A Sentinela, 15 de janeiro de 1977, p. 57
A Sentinela, 15 de janeiro de 1977, p. 57

Índice